A POESIA ÉS TU


Paula PedroOlá caros leitores!

Muito embora não pareça, a avaliar pelas temáticas dos artigos que habitualmente vos trago, poesia é, entre outros achados, algo que me fascina, que me inebria a alma, que me faz sorrir e sonhar; aliás, costumo dizer concomitantemente:

-“Sou uma sonhadora, eternamente…pela vida, apaixonada”!

Pois bem(!); ainda que não tenha ousado expressar-me por essa via, faço questão de partilhar convosco um poema; aliás, o meu predilecto, que me faz sentir emoções e sensações inexplicáveis pelo sentimento que tem subjacente: O INCONDICIONAL AMOR DE MÃE. 

– E porque é este o seu poema predilecto, Paula? – poderiam vocês questionar.

– Ora, ora!…A resposta está no próprio poema:

 

A POESIA ÉS TU

 

A poesia é um segredo

feito de êxtase e medo
que não confio a ninguém…
nem a mim mesmo.
A poesia és tu!

A poesia
não é tão rara como parece,
na mais ínfima das coisas,
a poesia acontece.
A poesia és tu!

Todo o tempo é de poesia,
desde a névoa da manhã
à névoa do outro dia.
Todo o tempo é de poesia,
desde a arrumação do caos,
à confusão da harmonia.
A poesia és tu!

Espero que este dia
te faça lembrar
que a tua família
te irá sempre adorar.

“Para ti, mamã…com AMOR”.

 

Autora: Bruna Marques, em 07-04-2008.

 

Para finalizar, uma lindíssima música, claro, inebriante…; eu diria mesmo arrepiante de todo, e que dedico a todos aqueles que sentem como inestimável e grandioso, o AMOR DE MÃE.

 

Schubert – Ave Maria

 

 

 

© Paula Pedro

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: