Conta-ME Histórias, que EU Gosto!… Contas? #8 – A INQUEBRÁVEL MELODIA DO (NOSSO) AMOR


#8 - A INQUEBRÁVEL MELODIA DO (NOSSO) AMOR

 

#8 – A INQUEBRÁVEL MELODIA DO (NOSSO) AMOR

 

A inquebrável melodia do amor…”, – começa assim, um texto que terei escrito há cerca de vinte anos atrás, numa altura em que o nosso mundo – o meu, e, o dos meus filhos – sem prevermos, estaria prestes a desabar. Um texto que fluiu simplesmente, como se uma voz vinda de dentro de mim me incitasse a registar aqueles momentos únicos, para que perdurassem ad aeternum.

Recordo-me como se tivesse ocorrido ontem e, relembro com minúcia os mais ínfimos detalhes.

Encontrava-me no escritório, na enorme casa que habitávamos, a trabalhar no meu próximo romance. Decidi fazer uma pausa para vê-los, – os meus filhos, com nove e cinco anos de idade – a brincar. Nem precisava de me afastar da secretária de trabalho.

Olhando de soslaio para a esquerda, conseguia ver John pela vidraça, no nosso jardim, a manobrar hábil e entusiasticamente o seu papagaio de papel, que à pala do vento favorável, permitia-lhe delirantes acrobacias com o dito. Aspirava conquistar os céus, tal como o pai, que era piloto militar e, provavelmente algo mais… todavia, envolto no maior dos secretismos.

Olhando para a direita, a escassos metros de mim, via Melanie brincando na sua casa de bonecas, com toda a ternura e doçura de uma matriarca zelosa com as suas Barbies, que ia vestindo e despindo num corrupio, em trajes de hospedeira de bordo.

– Meu Deus, Richard! Onde quer que estejas, és uma constante no pensamento deles. – Comentei entredentes, ao contemplar a felicidade subjacente a tal cenário.

Entretanto, tocou a campainha de casa. Interrompi a escrita do texto para ir à porta atender. Logo ali, fiquei sem chão, sem ar, sem tudo… com as notícias recebidas: o caça-bombardeiro que pilotavas tinha sido abatido em combate, em terras afegãs.

Maldita guerra! Afinal, sempre se consumaram os meus piores pesadelos.

História ficcional

Casablanca – As Time Goes By – Original Song by Sam (Dooley Wilson)

 

Paula Pedro 

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: