Conta-ME Histórias, Que EU Gosto!… Contas? #30 – AMOR PRIMEIRO… NÃO TE ESQUECEREI!


  #30 – AMOR PRIMEIRO… NÃO TE ESQUECEREI!   Não se reviam propositadamente há uma catrefada de luas. Também não era suposto reverem-se nesta fase de luto do namoro que mantiveram durante a adolescência e início da juventude de ambos. Afinal de contas, tinham sido o primeiro grande amor, um do outro. – God! What a difficult situation!… […]

Poeta- ME!… Poetas? #21 – POEMA DA LIBERTAÇÃO… DE TI!


#21 – POEMA DA LIBERTAÇÃO… DE TI!   Não mais pronunciarei o teu nome Enquanto prossigo pelos trilhos da vida. Não quero lembrar as palavras em vão repetidas, Surdas aos teus ouvidos, E ao teu coração. Muito em breve chegarão as chuvas; E com elas, o final das lágrimas extenuadas de cansaço; Que ainda me fluem […]

Pensamentos… Fragmentos de Vida! #62 – ESTAMOS SÓS… EU AQUI E TU AÍ!


  #62 – ESTAMOS SÓS… EU AQUI E TU AÍ!   Chiu! Há demasiado ruído neste silêncio ensurdecedor que ecoa dentro da minha cabeça. Penso e repenso. Passo a pente fino todos os passos que dei contigo, mas… não vejo onde é que eu errei. Bem, a verdade é que estamos ambos sozinhos – eu […]

Pensamentos… Fragmentos de Vida! #61 – SIMPLESMENTE… DÓI TANTO, PERDER-TE!


  #61 – SIMPLESMENTE… DÓI TANTO PERDER–TE!   Dói tanto imaginar-te noutros lábios, noutro colo, noutra cama com outra pessoa. Dói tanto saber que estamos resumidos a passado, tal qual areia fina que se esvaiu por entre os dedos. Ah!… Mas dói muito mais saber que já não sentes a minha falta, que já não […]

Poeta-ME!… Poetas? #20 – NÃO QUEIRAS SABER DE MIM!


#20 –  NÃO QUEIRAS SABER DE MIM! Não queiras saber de mim, Porque eu não te mereço. Sou pedra. Sou lava incandescente. Sou furacão que devasta. Sou iceberg à deriva na imensidão do oceano gélido. Sou corpo sem chão que levita; Frio; Vazio; Sem coração. Não queiras saber de mim, Porque tardo em ser tua. Sou um […]

Conta-ME Histórias, Que EU Gosto!… Contas? #23 – COMO PERDER UM HOMEM DE QUEM SE GOSTA, NUM ÁPICE!


  #23 – COMO PERDER UM HOMEM DE QUEM SE GOSTA, NUM ÁPICE!   Longe de ter a pretensão de me armar em conselheira sentimental, dita a voz da experiência de vida, pelos anos que já cá cantam, que é muito fácil perder um homem de quem se gosta. O difícil mesmo, é conseguir retê-lo em […]

Conta-ME Histórias, Que EU Gosto!… Contas? #22 – MEMÓRIAS VIVAS… À FLOR DA PELE!


  #22 – MEMÓRIAS VIVAS… À FLOR DA PELE!   As nuvens de fumo acotovelavam as montanhas, tornando o ar irrespirável. Os dias faziam-se quentes e tórridos. Os incêndios grassavam como demónios, hectares e hectares de floresta, apagando as pegadas dos homens, e dos crimes. As árvores esfumaçavam-se, formando baldios desertos de colheitas. Multiplicavam-se os cenários […]

CAROLINA, UMA MENINA NÃO DIFERENTE, MAS ESPECIAL!… (Conto Infanto-Juvenil)


  #21 – CAROLINA, UMA MENINA NÃO DIFERENTE, MAS ESPECIAL!… (Conto Infanto-Juvenil)   Esta é a história de uma menina, a Carolina, que não tinha, nem queria ter amigos, pelo menos de carne e osso. Sempre fora uma menina muito bonita, e agora, já contava com onze anos de idade. Era frequente fazerem elogios à […]

Conta-ME Histórias, Que EU Gosto!… Contas? #19 – E SE FOSSE PROIBIDO ABRAÇAR(-TE)?


  #19 – E SE FOSSE PROIBIDO ABRAÇAR(-TE)?   E se fosse proibido abraçar? Talvez fosse mais suportável esta angústia acutilante de não poder abraçar-te…, pelo menos, por ora. Virgínia Satir, famosa psicoterapeuta norte-americana, terá dito na sua célebre frase que correu o mundo: “Precisamos de 4 abraços por dia para sobreviver. Precisamos de 8 abraços por […]

Conta-ME Histórias, Que EU Gosto!… Contas? #18 – DOAR MEDULA ÓSSEA?… VÁ LÁ! NÃO CUSTA NADA!


  #18 – DOAR MEDULA ÓSSEA?… VÁ LÁ! NÃO CUSTA NADA!   Maria Luís era o seu nome; mas poderia ser um outro qualquer. Tinha apenas cinco anos, mas poderia ter mais; ou ter menos. O que interessa, é que era uma criança. E, inequivocamente, era uma criança especial, cuja imagem correu o mundo num ápice, […]

Aventar

Expor ao vento. Arejar. Segurar pelas ventas. Farejar, pressentir, suspeitar. Chegar.

Sentimento & emoções

Por ser um tema presente e marcante na vida humana, este descreve os vários sentimentos e emoções do nosso dia-a dia através das palavras.

BLASFÉMIAS

A Blasfémia é a melhor defesa contra o estado geral de bovinidade

O Meu Quintal

Apenas umas opiniões e pouco mais.

Yellingrosa's Weblog

Poetry, Visual Arts, Music and IT Tech

Doutor Enfermeiro

A great WordPress.com site

Cogitare em Saúde

Cogitare is Latin for “thinking” or more broadly, “to set the mind in motion”, Health news, Nurse

Observador Público

Actualidade, Política, Cultura…

A Estátua de Sal

As palavras têm a leveza do vento e a força da tempestade. Vitor Hugo

© Célia Moura

Biografia, Poesia, Pensamentos, Prosa Poética, Obras Publicadas, Projectos Literários

...e a Trofa é minha!

heréticos desnaturados ousam esmiuçar a realidade política e social da sua terra. Sem medo nem clientelas.

Luz da imagem

A luz, essência da imagem e da fotografia. Analógica/digital; imagem real; imagem artística; Ensaios fotográficos.

O Retiro do Sossego

Mais um site WordPress.com

Pensar a Saúde

Pensamentos sobre… saúde, enfermagem, et al.

pamarepe

A great WordPress.com site

Cody McCullough Writes:

A Man and His Words