Conta-Me Histórias, Que EU Gosto!… Contas? #24 – QUERES MESMO SER FELIZ?


Photo in the Internet – by unknown author

 

#24 – QUERES MESMO SER FELIZ?

 

– O que é essa coisa de “SER-SE FELIZ”? – Perguntas-me com ar desconfiado, de quem está expectante de uma definição daquelas demasiado bem estruturadas, e, por isso mesmo, entediantes, – quanto baste – a ponto de acenarem ao bocejo e ao sono.

– Queres mesmo ser feliz? – Reforço a questão.

Começa por espreguiçar-te bem quando acordas. Escancara as janelas do quarto. Sente o sol, o vento; deixa entrar o ar pelas ventas adentro. Sente-os! Ama-os, mesmo que chova lá fora ou dentro de ti!

Sorri para o espelho da casa-de-banho. Diz-lhe “bom dia, pessoa. És linda, sabias?”

Abraça as tuas rugas. Trata-as com carinho.

Canta no duche com esmero.

Aproveita os teus momentos zen para fazeres o que te der na real gana.

Se tiveres que pecar, ou dizer palavrões, paciência(!)… faz o que achas que tem de ser feito, ou dito. Mas fá-lo com consciência.

Sorri e ri bastante… até de ti.

Faz algo que receias, que seja tentador. Sente a adrenalina à flor da pele.

Come chocolate, ou qualquer outra coisa que te dê aquele prazer inigualável.

Ora, se precisares.

Sê sexualmente criativo. Nunca desistas de um orgasmo!… Empenha-te nele.

Partilha.

Ajuda.

Escuta.

Observa.

Toca; se puderes, com a pele.

Trabalha naquilo que gostas. Seja lá no que for, torna-te um artista exímio.

Faz do sorriso a tua arma de arremesso.

Não mandes beijos nem abraços. Dá-os presencialmente!

Curte a melodia do silêncio. Às vezes, poderá saber-te bem.

Dá-te ao respeito, e, respeita-te.

Cuida do corpo e da saúde… para teu bem!

Se tropeçares, levanta-te! As vezes que forem precisas, até aprenderes… a caminhar.

Exclui do teu vocabulário a palavra “desistir”.

Ama. Mas sobretudo, ama com o coração. Perde a cabeça, por amor. Casa, por amor.

Perdoa quem amas e te decepcionou.

Ama a música.

Ama o outro.

Ama a vida.

Ama-te.

Todos os dias. A toda a hora. Agora… sempre!

E já agora, dá continuidade a esta lista. Actualiza-a. Coloca-a em sítio estratégico; fácil à vista… para que a relembres e medites nela.

Se tiveres em atenção estas dicas, vais ver que, afinal, não é preciso muito para seres feliz.

Basta quereres, e, fazeres por isso mesmo.

“Cultive amor no seu coração. Assim você verá que viver é uma grande brincadeira de ser feliz… sempre!” 

Frase da autoria do saudoso poeta e escritor brasileiro, Jorge Luiz Vargas

 

© Paula Pedro

 

 

Anúncios

2 comentários a “Conta-Me Histórias, Que EU Gosto!… Contas? #24 – QUERES MESMO SER FELIZ?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: